60 Anos dos Tratados de Roma – Recomeço na Europa

Ampliar imagem

Os Tratados de Roma conduziram em 1957 a um importante recomeço. Eles marcaram o início do que hoje é a União Europeia.
O dia 25 de março de 1957 não foi um dia comum para a Europa. 12 anos após o fim da Segunda Guerra Mundial,
os chefes de estado e ministros do exterior de seis países europeus se reuniram no Capitólio em Roma.
Eles queriam criar um recomeço para a ordem dos estados europeus. Após 30 anos de “guerra civil europeia”, que entre 1914 e 1945
abalou todos os padrões da civilização ocidental, procurava-se a possiblidade de paz entre as nações envolvidas.
 Foi neste espírito que os representantes dos seis países fundadores – Alemanha, Bélgica, França, Itália, Luxemburgo e Países Baixos – assinaram os seguintes documentos:
 o tratado sobre a constituição da Comunidade Econômica Europeia (CEE) e o tratado sobre a instituição da Comunidade Europeia da Energia Atômica (EURATOM).
 60 anos depois, a União Europeia é um fator de paz, estabilidade e de prosperidade, que contribuiu para melhorar o nível da vida dos europeus.
 Em 2012, a EU recebeu o Prêmio Nobel da Paz pelos seus esforços em prol da paz, reconciliação e dos direitos humanos na Europa.
Saiba mais sobre os 60 anos dos Tratados de Roma: https://europa.eu/european-union/eu60_pt